Audiometria Infantil Comportamental e Vocal

A audição desempenha um papel fundamental no desenvolvimento da fala e da linguagem da criança. A detecção de variações auditivas e a interferência iniciada até os seis meses de idade irão garantir se a criança vai apresentar alguma alteração auditiva ou não, por isso é essencial a detecção ainda nos primeiros meses de vida.

Na audiometria comportamental, bem como o nome já apresenta, é avaliado o comportamento da criança diante da incitação auditiva. Este tipo de estímulo é aplicado em crianças com até dois anos de idade que tenham outros comprometimentos auditivos. Com este exame é feito em cerca de 40 a 60 minutos, e é possível rastrear se a criança possui uma surdez acentuada severa e extensa. São utilizados instrumentos musicais e sons da fala para que exista da parte da criança uma resposta ao estímulo sonoro. Estas respostas podem variar de acordo com a idade e com a intensidade do estímulo, a avaliação desse procedimento deve constar de estímulos de diversas intensidades.

Já na audiometria vocal, no que se refere à Fonoaudiologia, é possível enxergar se os efeitos da audiometria comportamental estão obtendo sucesso em seus objetivos, e no objetivo principal de impulsionar e qualificar os estímulos sonoros. É por meio desse procedimento (fala) que se mede a discriminação das palavras, pode-se também avaliar a adaptação de próteses auditivas e a eficácia de diferentes tipos de tratamentos.

Estas informações são indicadas por profissionais de Fonoaudiologia e em casos de dúvidas procure um fonoaudiólogo que é o profissional indicado para este tipo de especialidade.

Confira os serviços da Central da Fonoaudiologia.

Equipe Central da Fonoaudiologia.

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)