Dicas de como evitar o mau hálito

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
Dicas de como evitar o mau hálito
quinta-feira, 27 de março de 2014
DICAS DE COMO EVITAR O MAU HÁLITO

Conhecido como hálito fétido, mau hálito, fedor da boca, a halitose é um mau que afeta em torno de 40% da população mundial. Este mal faz com que o hálito de algumas pessoas se torne desagradável. Isso, consequentemente, gera um problema com constrangimentos sociais e econômicos, morais e psicoafetivos.

Quando inspiramos, são realizadas trocas de ar que estão no pulmão com o que está no ambiente. Esse fenômeno faz com que o hálito seja produzido, além de haver outros componentes para sua geração.

Os hábitos domésticos podem influenciar no seu aparecimento, em alguns casos. Por isso, está associado à existência de cáries e a má higiene bucal, entretanto estudos apontam para outras motivações como, por exemplo, as questões respiratórias, (sinusite e amidalite) digestiva, (erupção gástrica, dispepsia, neoplasias e úlcera duodenal) e a de origem metabólica e sistêmica.

Se o problema estiver ligado aos hábitos diários, existem formas de combate-lo. Com as dicas abaixo há soluções, agora, se o problema for respiratório, o melhor é consultar um profissional.

1 Um dos motivadores do mau hálito é a baixa produção de saliva. Algumas pessoas produzem mais enquanto outras, menos. A melhor solução é beber água de forma regular.

2 A escovação dentária pode prevenir futuros problemas. Após as refeições e antes de dormir, esse procedimento faz com que a boca fique limpa e dificulta a ação das bactérias especialmente durante a noite.

3 Como a sujeira acumulada pode está relacionada com bactérias em locais que a escova não consegue alcançar, o fio dental deve ser ferramenta fundamental para combater esse problema.

4 Escovar a língua é indispensável, uma vez que ficam acumuladas excessos de alimentos. Com a escova de dente mesmo, a pessoa pode aplicar um pouco de pasta dental e esfregar de forma delicada sobre a língua.

Pré-avaliação via Telefone