Dicas para estimular o bebê a falar

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
  
Dicas para estimular o bebê a falar
terça-feira, 18 de março de 2014
DICAS PARA ESTIMULAR O BEBÊ A FALAR

Desde o primeiro balbucio, os pais começam a ter esperanças de ouvir a primeira palavra do bebê. Normalmente, esse momento tão esperado acontece um ano após o nascimento.

O atraso do desenvolvimento não deve ser sempre motivo de preocupação, porém, se a fala demorar mais que 24 meses para aparecer, o bebê receber acompanhamento de um fonoaudiólogo.

Veja algumas dicas para agilizar o processo da fala:

• Não infantilizar a voz para falar com o bebê, como falar em tom mais fino ou no diminutivo. O bebê deve aprender ouvindo as palavras pronunciadas de forma simples, natural e com boa entonação.

• Manter contato visual estimula que o bebê se espelhe no adulto. Quando ele consegue ver o movimento da boca, entende melhor o modo como o som é produzido.

• O excesso de euforia dos pais quando o bebê balbucia as primeiras palavras pode assustar a criança e atrapalhar seu desenvolvimento.

• É importante que o contato com crianças mais velhas seja frequente, pois o bebê tende a imitar mais rápido que imitaria um adulto.

• Deixar que a criança se comunique por sinais, como apontar, ou deixar tudo ao seu alcance, faz com que ela não veja necessidade em se comunicar, portanto, mimar demais interfere no desenvolvimento.

• Brincar com a criança é uma das coisas que mais auxiliam no desenvolvimento saudável. Ambientes sérios, estressantes e tensos atrapalham o desempenho.

• Os principais meios de aprendizagem nunca podem ser a televisão, o rádio e a internet, pois não são naturais de desenvolvimento de fala e linguagem.

• Expor à criança frequentemente à linguagem, falando com ela em situações rotineiras a ajuda a memorizar as palavras.

Central da Fonoaudiologia realiza tratamento de distúrbios de desenvolvimento de linguagem. São disponibilizados profissionais que atuam em domicílio. Para agendar uma consulta entre em contato pelo site ou através de nossos telefones.

Pr-avaliao via Telefone