Gagueira tem cura?

A gagueira é um distúrbio de linguagem em que a fluência e a comunicação do indivíduo é afetada, fazendo com que ele repita sílabas, faça pausas ou se prolongue ao pronunciar as palavras. Por muito tempo, foi considerada uma doença emocional, relacionada a comportamentos que demonstravam medo ou dúvida.

De fato, a gagueira é proveniente de distúrbios oriundos do cérebro; o que explica a interrupção involuntária na fala espontânea. Entretanto, sua causa pode estar relacionada a fatores diversos, conforme comprovam algumas pesquisas científicas, que identificam motivações genéticas, condições médicas (AVC, lesões intracranianas, etc.), fatores sociais ou psicológicos; o que não significa problemas emocionais. Logo, essa hipótese está descartada.

Mas gagueira tem cura?

Sim, tem cura. Pesquisas comprovam que a terapia fonoaudiológica gera mudanças na forma de o cérebro processar a fala. Em outras palavras, o fonoaudiólogo promove melhoras tanto na fluência quanto na forma de lidar com a gagueira, uma vez que através de técnicas terapêuticas fonoaudiológicas, obtém mudanças funcionais no cérebro.

Para o tratamento, leva-se muito em conta, fatores importantes como intensidade da gagueira, detecção da presença de outros distúrbios neurológicos, de fluência e/ou linguagem, além da idade do paciente e sua aderência no tratamento.

Já os métodos abordam a questão sob diversos primas, mas o importante é que seja realizado por um profissional especializado e experiente em gagueira.

Quanto o tempo de tratamento, até a recuperação (após serem considerados todos os fatores), dura em média, de seis meses até dois anos, obtendo resultados realmente satisfatórios.

Achou interessante? Entre em contato com nossa central de atendimento 24 horas e aproveite para agendar o melhor dia e horário de sua sessão.

Atenciosamente,

Equipe da Central da Fonoaudiologia.

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)