Maguila segue internado na Santa Casa de São Paulo

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
Maguila segue internado na Santa Casa de São Paulo
quarta-feira, 30 de abril de 2014
MAGUILA SEGUE INTERNADO NA SANTA CASA DE SÃO PAULO

O ex-pugilista Maguila, de 55 anos, está internado desde a última sexta-feira (25) na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, sem previsão de alta. Um dos maiores lutadores da história brasileira no boxe deu entrada no hospital com quadro de desidratação e com dificuldades de engolir. De acordo com sua esposa Irany Pinheiro, o ex-lutador estava muito agitado no começo da internação e precisou de um sedativo, além de se alimentar por sonda e receber soro, pois não consegue engolir água. Há quatro anos, ele foi diagnosticado com Mal de Alzheimer, motivo pelo qual apresenta tais dificuldades.

A última aparição pública do ex-atleta foi durante o enterro do narrador da TV Bandeirantes, Luciano do Valle, no último dia 20 (foto acima).  

Fonoaudiologia para Mal de Alzheimer

O Mal de Alzheimer é uma das causas de demência mais comum que afeta o sistema nervoso central. Seu desenvolvimento é lento e progressivo. Primeiramente, aflige a memória e progride, acometendo outros domínios da cognição do paciente, deixando-o cada vez mais dependente, com dificuldades de locomoção, comunicação e alimentação.

- As primeiras queixas de dificuldades de deglutição do paciente com Mal de Alzheimer, é o engasgo durante a ingestão de alimentos, principalmente os líquidos, que altera os hábitos alimentares.

- Apresenta objeção nas habilidades cognitivas que impactam na autoalimentação e deglutição. O indivíduo esquece o que comeu, quando comeu ou quando fará a próxima refeição.

- Alterações na linguagem geram dificuldades para expressar sua preferência de alimentos e compreender instruções dadas durante a refeição.

De acordo com a evolução do Mal de Alzheimer, são feitas as seguintes mudanças:

• Os alimentos ganham uma consistência mais pastosa (de creme);

• São misturados com a comida produtos industrializados que modificam a textura e consistência dos alimentos, não alterando o sabor;

• O paciente deve ficar posicionado em ângulos de 90 ou 45 graus enquanto faz a refeição;

• O ambiente deve ser calmo, sem conversas paralelas, televisões ou rádios ligados;

• A nutrição enteral é indicada ao paciente que possui risco de aspiração ou àquele com ingestão alimentar insuficiente por via oral. Como no caso de Maguila, no qual a equipe médica optou pela alimentação por sonda naso-enteral (SNE), outra escolha seria a gastrostomia (GTT).

Os sinais de alerta para saber se o paciente vem apresentando disfagia (dificuldade de deglutir) são: 

• Tossir ou engasgar com alimento ou saliva;

• Apresentar refluxos;

• Ter quadros repetidos de pneumonia ou febre sem causa aparente;

• Ter sensação de bolo na garganta;

• Recusar alimentos;

• Sentir sono durante as refeições;

• Apresentar sinais clínicos de aspiração como falta de ar ou voz com som borbulhante.

Segundo os profissionais da Central da Fonoaudiologia, cabe à família ficar atenta a esses sinais de alerta para informar rapidamente ao fonoaudiólogo responsável pelo tratamento do paciente, que definirá a conduta a ser tomada e decidirá se o indivíduo continuará ou não com a dieta pela via oral. 

Pré-avaliação via Telefone