Muda incompleta ou ausência de muda vocal

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
  
Muda incompleta ou ausência de muda vocal
segunda-feira, 18 de maio de 2015
MUDA INCOMPLETA OU AUSÊNCIA DE MUDA VOCAL

Compreende-se por muda vocal, a passagem da voz infantil para a voz adulta; processo que ocorre durante a puberdade. É comum que a mudança na voz ocorra entre os 11 e 15 anos de idade, tanto para os meninos quanto para as meninas, estando essa mudança vocal relacionada basicamente a fatores psicológicos, anatômicos e fisiológicos, que farão total diferença no desenvolvimento funcional da laringe, nesta fase da vida.

Espera-se que durante esse período, a voz dos meninos apresente mudança mais viril, para o grave, enquanto nas meninas, apenas uma ligeira muda aconteça, deixando o timbre infantil para trás e passando para um mais adulto.

O distúrbio mais comum é a muda vocal incompleta, que caracteriza-se por alternações da voz, entre o grave e o agudo, em que muitas vezes o adolescente fala como um jovem de 20 anos ou como um menino de 10. Entretanto, é normal que essas alternâncias ocorram, desde que uma vez que se inicie, com certo tempo, alcance a harmonização e estabilização da voz na nova frequência.

Em casos mais raros, porém não impossíveis de acontecer, a voz permanece infantil, sem nenhum sinal de alteração para o grave, mas o distúrbio mais comum mesmo, é quando a voz permaneça com os altos e baixos, sem estabilização.

O timbre e as características próprias de cada voz, somente surgem com o tratamento, visto que o organismo busca a normalidade; seja no posicionamento das estruturas laríngeas, seja no padrão vocal propriamente dito.

O tratamento fonoaudiológico se dará através de intensos exercícios vocais que, num primeiro momento, podem ocasionar rouquidão, falta de ar e desconforto na região laríngea. Entretanto, a continuidade e insistência no tratamento, fazem com que os desconfortos desapareçam e a voz torne-se pouco a pouco mais impostada, até que finalmente se atinja o padrão esperado.

A fase conhecida pela fonoaudiologia como "fixação" ou "automatização", costuma a parte mais difícil do tratamento, mais até que a própria colocação da voz, pois é quando o adolescente ou jovem adulto deverá usar a nova voz nas situações gerais do dia a dia, o que gera certa estranheza, tanto por parte do indivíduo, quanto dos familiares e amigos.

Em suma, o prognóstico de muda vocal incompleta ou ausência de muda vocal, são muito bons. Contudo, o empenho por parte do paciente, torna-se essencial. Consulte um fonoaudiólogo!

Se interessou? Entre em contato com nossa central de atendimento 24 horas e agende o melhor dia e horário de sua primeira sessão.

 

Atenciosamente,

Equipe da Central da Fonoaudiologia.

Pr-avaliao via Telefone