Presbifonia: Envelhecimento da voz

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
  
Presbifonia: Envelhecimento da voz
segunda-feira, 22 de junho de 2015
PRESBIFONIA: ENVELHECIMENTO DA VOZ

A idade chega para todos e com ela, uma série de mudanças algumas vezes desconfortáveis, indicando que o funcionamento de muitas áreas do corpo, já não são mais como eram nos tempos áureos.

No processo de envelhecimento é comum que o corpo sinta os sinais das alterações de diversas funções, incluindo a fala, interferindo diretamente na comunicação. A presbifonia (ou envelhecimento vocal), gera alguns problemas na vida cotidiana como cansaço, falta de ar, perca da potência da voz e consequentemente, dificuldade em ser compreendido.

Acontece que é normal que a voz mude - você pode pensar -, afinal, é natural; idosos têm voz de idosos, não é mesmo? A voz, assim como tudo, acompanha nosso ciclo vital, se adequando às modificações do corpo nesse processo que é nascer, crescer e viver. No entanto, a presbifonia, mais que uma simples questão de envelhecimento de voz, pode provocar dificuldade de deglutição, facilitando a incidência de engasgos e aspirações.

Uma vez que a emissão da voz (fonação) não depende unicamente das pregas vocais, mas também do ar que vem dos pulmões, de toda a estrutura da laringe e de uma boa articulação e ressonância, a qualidade da comunicação, principalmente, é comprometida caso alguma dessas partes apresente falhas.

Embora essa patologia atinja tanto homens, quanto mulheres, nas mulheres essa questão pode estar associada à menopausa, por causa do declínio das funções dos ovários, porém, o envelhecimento vocal fica mais perceptível a partir dos 60, 70 anos.

O diagnóstico de presbifonia é dado através de exames laboratoriais e de imagem como a laringoscopia direta. Já o tratamento para presbifonia, é feito por um profissional fonoaudiólogo, por meio fonoterapia e alguns exercícios, bem como investidas numa melhor alimentação.

 

Prevenção e Tratamento

 Para prevenir, é importante tomar alguns cuidados já bem conhecidos, como beber muita água, evitar ingestão de alimentos muito condimentados ou gordurosos, assim como a ingestão de bebidas gasosas e alcoólicas, principalmente antes do uso intensivo da voz. Também vale ressaltar a importância de poupar a voz, mantendo o tom e volume adequados, evitando estar em lugares barulhentos que promovam a competição do volume da fala, com o volume sonoro do ambiente.

Se interessou? Entre em contato com nossa central de atendimento 24 horas para mais informações, e aproveite para agendar o melhor dia e horário de sua consulta, que um fonoadiólogo irá até você.

Pr-avaliao via Telefone