Pré-consulta grátis. Solicite mais informações

Doença de Huntington

DÚVIDAS NO TRATAMENTO?
Entre em contato com a nossa central de atendimento
  4020-6719
MAIS
ACESSADOS
• Transição de Via Alternativa de Alimentação (SNE, SNG, GTT) para via oral
• Paralisia de Pregas Vocais
• Paralisia Cerebral
• AVE (AVC/Derrame)
• Esclerose Lateral Amiotrófica
TRATAMENTOS
RELACIONADOS
• Câncer de cabeça e pescoço
• Distrofia Muscular
• Divertículo de Zenker
• Doença de Huntington
• DPOC - Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
• Fonoaudiologia no Pré e Pós Cirurgia Bariátrica
• Guillain-Barre
• Lábio Leporinio
• Mãe Dináh era portadora de Miastenia Grave
• Mal de Alzheimer
• Miastenia Grave
• Parkinson
MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
Doença de Huntington

Pessoas que são acometidas pela Doença de Huntington apresentam movimentos involuntários por conta de contrações musculares irregulares, conhecido tecnicamente como coréia. Por ser uma doença neurológica, as principais características apresentadas pelos pacientes são os problemas motores e mentais.

Além da coréia, são desenvolvidos problemas como rigidez muscular, disartria e disfagia. Outro sintoma importante é a letargia no raciocínio, sendo que os momentos de instabilidade emocional se tornam constantes. A depressão, em função das mudanças de humor, pode fazer com que os indivíduos, em casos extremos, pratiquem o suicídio.

São poucas as pessoas diagnosticadas com essas doenças, sendo que acontece com mais frequência nos Estados Unidos. E atinge tanto o sexo masculino quanto o feminino. Sua manifestação se dá aos 40 e 50 anos. Entretanto, há situações em que se manifesta antes dessas idades.

Tratamentos de Fonoaudiologia para Doença de Huntington

 

Por ser uma patologia hereditária, pessoas da família possuem mais predisposição à Doença de Huntington (DH). Dessa forma, a genética é um dos maiores fatores de risco. Sendo assim, não possui cura. Entretanto, os sintomas podem ser controlados, por meio de medicamentos neurolépticos e antidepressivos.

Para a disartria, o Fonoaudiólogo se faz necessário, assim como nas questões que estão relacionadas à disfagia. Pela Central da Fonoaudiologia, seus tratamentos podem ser realizados em casa. Para mais informações entre em contato pelo telefone ou visite nosso site. A Central da Fisioterapia também possui profissionais habilitados em tratar dessa patologia.

  Dúvidas sobre Doença de Huntington?
Deixe seu nome e telefone que entraremos em contato com você em no máximo 1 hora
Nome:
Telefone: