Pré-consulta grátis. Solicite mais informações

Alzheimer

DÚVIDAS NO TRATAMENTO?
Entre em contato com a nossa central de atendimento
  4020-6719
MAIS
ACESSADOS
• AVE/AVC
• Autismo
• Síndrome de Down
• Alzheimer
• DEL
TRATAMENTOS
RELACIONADOS
• Afasia
• Alteração Vestibular
• Demência
• Desenvolvimento da Linguagem
• Desenvolvimento do Vocabulário
• Distúrbios Fonológicos
• Fonoaudiologia para idosos
• Paralisia Cerebral
MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
 › 
Alzheimer

Foi o alemão Alois Alzheimer responsável pela descrição da Doença de Alzheimer ou Mal de Alzheimer, descoberta em meados do século XX. Os efeitos começam a ser percebidos a partir da terceira idade. Sua ocorrência tem como principal fator a perda das funções intelectuais do idoso, tais como déficit de memória, alteração de comportamento, letargia no pensamento, mudanças emocionais, entre outros. Consequentemente, o portador da doença pode apresentar depressão, regressão, apatia e falta de noção de tempo e espaço.

Por ser uma doença que progride com o passar do tempo, a atuação do Fonoaudiólogo se faz necessária, visto que em termos de comunicação o paciente passa a ter grande prejuízo na linguagem, a fala começa a ficar entrecortada, a composição de frases ficam sem sentido etc.

Sendo assim, o tratamento mais eficaz é através do estímulo e resposta, de modo que a participação da família é primordial para que o acometido pelo Mal de Alzheimer apresente quadros de melhora relativamente positivos. Elogios em atividades estimuladas pelos familiares devem ser constantes, resultando em aprendizagem e memorização.

Veja algumas dicas de como retardar os efeitos da doença degenerativa:

1-      Com a intenção de orientar a noção de  tempo e espaço é preciso que o calendário esteja em local de fácil acesso, a fim de que o portador do problema saiba qual o dia e o mês em que está;

2-      Constantemente, o paciente deve ser estimulado a verificar as horas, para que seja adotada uma rotina no qual ele não se sinta ansioso e nem sofra alterações emocionais;

3-      Não alterar a localização dos móveis, de modo que o paciente possa ter dificuldades com alterações no ambiente doméstico;

4-      A nomeação das coisas e a troca verbal deve ser atividade constante, para que através da comunicação e da audição os mecanismos cognitivos estejam sempre em atividade;

5-      Uma pergunta deve ser seguida sempre com opções de respostas, sendo, se possível, mostrado os objetos: Você quer usar calça ou shorts (por exemplo);

6-       Estímulo à participação de atividades diárias;

7-      Em ambientes atribulados, ou seja, com baixa tranquilidade, o idoso perde concentração e a capacidade de manter a calma. Dessa forma, é recomendado que ele esteja em locais tranquilos;

A Central da Fonoaudiologia realiza atendimento em pacientes com Mal de Alzheimer. Solicite atendimento ou se precisar de mais informações sobre Fonoaudiologia ou sobre Central da Fonoaudiologia, entre em contato. Há também tratamentos com Fisioterapia para essa doença. Clique aqui para saber mais sobre a Central da Fisioterapia e como ela ajuda o paciente a se recuperar.

Obrigado pela leitura!

Equipe Central da Fonoaudiologia

  Dúvidas sobre Alzheimer?
Deixe seu nome e telefone que entraremos em contato com você em no máximo 1 hora
Nome:
Telefone: