AVE (AVC Derrame)

 

A ocorrência de Acidente Vascular Encefálico (AVE) ou Acidente Vascular Cerebral (AVC) se deve a diversos fatores, alguns deles estão relacionados à qualidade de vida. A consequência em função dos hábitos que são prejudiciais a saúde podem resultar no rompimento dos vasos responsáveis pelo sangue que circula na região cerebral. A partir desse ponto diversos problemas podem ser adicionados à vida do paciente, tais como mudanças na fala, alterações no movimento, sensibilidade alterada, formigamento, alterações na forma de deglutir o alimento.

Comportamentos alimentares saudáveis podem evitar essas situações. A prática de esportes é outro fator que faz toda a diferença para pessoas com problemas relacionados ao cérebro. É importante que toda e qualquer tipo de mudanças de comportamento tanto na área alimentar quanto esportiva sejam acompanhadas por profissionais interdisciplinares.

Quando uma pessoa é acometida pelo AVC/AVE é necessário que ela seja acompanhada por profissionais de diversas áreas da saúde, entre eles estão os médicos, fisioterapeutas, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, nutricionistas e Fonoaudiólogos.

O Fonoaudiólogo atua em casos de comprometimento das funções neuromusculares, motoras, sensoriais, perceptivas e cognitivo-comportamental. Dessa forma, o tratamento será de acordo com o quadro clínico do paciente. Além disso, o AVC/AVE pode afetar a Deglutição, instrumento de suma importância para a limpeza das vias respiratórias e também para o correto direcionamento do alimento para o estômago. Por meio dela, o bolo alimentar que estava na boca chega ao estômago, passando pela faringe e pelo esôfago.

A alteração dessa área, que é a deglutição, pelo AVC/ AVE necessita de um Fonoaudiólogo especializado em Disfagia, pois será preciso uma via alternativa para deglutir. Em casos negativos, o alimento que deveria ir para o estômago, poderá ir para as vias respiratórias, desencadeando pneumonias, uma vez que estarão sendo direcionados para o pulmão. A pneumonia por aspiração de alimento pode agravar o quadro clínico do paciente, podendo leva-lo, em situações extremas, a morte.

Portanto, a avaliação de um Fonoaudiólogo especializado em Disfagia deve ocorrer muitas vezes ainda no leito hospitalar, ou nos primeiros dias após o AVE. A forma eficaz e segura de deglutir do paciente deve passar por análise do Fonoaudiólogo. A Central da Fonoaudiologia trabalha com profissionais que podem realizar atendimento em casa, a fim de que a pessoa com problemas na deglutição não venha a correr risco de vida. Para saber como a Central da Fisioterapia atua contra o AVC/AVE você pode acessar o site, clicando aqui.

Obrigado pela leitura!

Equipe Central da Fonoaudiologia

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)