Pré-consulta grátis. Solicite mais informações

Divertículo de Zenker

DÚVIDAS NO TRATAMENTO?
Entre em contato com a nossa central de atendimento
  4020-6719
MAIS
ACESSADOS
• Transição de Via Alternativa de Alimentação (SNE, SNG, GTT) para via oral
• Paralisia de Pregas Vocais
• Paralisia Cerebral
• AVE (AVC/Derrame)
• Esclerose Lateral Amiotrófica
TRATAMENTOS
RELACIONADOS
• Câncer de cabeça e pescoço
• Distrofia Muscular
• Divertículo de Zenker
• Doença de Huntington
• DPOC - Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
• Fonoaudiologia no Pré e Pós Cirurgia Bariátrica
• Guillain-Barre
• Lábio Leporinio
• Mãe Dináh era portadora de Miastenia Grave
• Mal de Alzheimer
• Miastenia Grave
• Parkinson
MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
Divertículo de Zenker

Conhecido como divertículo faringoesofágico, o Divertículo de Zenker é um divertículo da mucosa da parede posterior da faringe. Além disso, é considerado o divertículo mais comum do esôfago. Pessoas com 60 anos são as principais vítimas dessa patologia. A queixa dos pacientes com essa enfermidade é a dificuldade em deglutir.

Em fase inicial, os pacientes não apresentam sintomas que possam prejudicá-los. Entretanto, é uma doença que se desenvolve com o passar do tempo. Sendo assim, com o seu crescimento, são apresentados em estados sintomáticos a disfagia alta, tosse intermitente, salivação excessiva, odinofiagia.

A partir do momento em que a bolsa aumenta, o paciente apresenta refluxo gastroesofágico, halitose, mudanças da voz, do retroesternal, disfagia cervical, sons de borbulhamento à deglutição e obstrução respiratória.

Fonoaudiologia para tratamento de Divertículo de Zenker

A esofagomiotomia cervical se faz necessária em casos de tratamento. Com isso, a lesão regride. Em outras situações, deve ser ressecado com grampeador cirúrgico linear, ou por via endoscópica. A miotomia, por sua vez, é utilizada em casos de divertículos menores.

Existe também o tratamento endoscópico, que consiste em abrir a parede posterior do esôfago por meio de um instrumento que ao mesmo tempo corta a parede e faz sutura, sendo formado um canal comum entre a luz esofagiana e o interior do divertículo, conhecido como procedimento de Dohlman.

A Central da Fonoaudiologia dispõe de profissionais que atuam em casa. Para saber mais sobre como é realizado o tratamento contra o Divertículo de Zenker entre em contato com nossos profissionais ou acesso nosso site.

  Dúvidas sobre Divertículo de Zenker?
Deixe seu nome e telefone que entraremos em contato com você em no máximo 1 hora
Nome:
Telefone: